Versão para impressão Enviar por E-mail
banner_escravatura2

 

 

Biblioteca Nacional de Portugal

Serviço de Actividades Culturais

Campo Grande, 83

1749-081 Lisboa

Portugal

 

 

Informações

Serviço de Relações Públicas
Tel. 21 798 21 68

Fax 21 798 21 38
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

 

Programa

 

 

 

IPRI - Instituto Português de Relações Internacionais. Universidade Nova de Lisboa

 

 

 

 

FCSH - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Universidade Nova de Lisboa

 

Fundação para a Ciência e a Tecnologia

 

id

 

jlm_a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Histórias da escravatura

COLÓQUIO | 24 e 25 set. '15 | Auditório BNP | Entrada livre

Encontro com a participação de investigadores de várias gerações e com diferentes formações, que apresentarão os resultados das suas investigações, na consciência de que este campo de estudos – apesar dos esforços empreendidos por Isabel Castro Henriques e Arlindo Caldeira – continua  a registar, em Portugal, um enorme atraso. À riqueza de perspectivas da historiografia brasileira sobre a escravidão, acrescentam-se os trabalhos centrados na história de África promovidos por investigadores anglo-americanos. É, pois, no cruzamento de todas estas perspectivas, mas procurando inverter os termos de trocas historiográficas desiguais e ultrapassando falsas reivindicações de um qualquer excepcionalismo ultramarino português, que se deve entender a agenda do encontro. O colóquio tem em vista a preparação de um livro que ficará sujeito a um trabalho editorial de revisão e apuramento posterior.

O debate sobre as investigações em curso constitui o aspecto mais importante do encontro da Biblioteca Nacional, em Lisboa, que toma como pano de fundo a história do Atlântico Sul, no qual Angola ocupa lugar de destaque, e uma longa duração que cobre os séculos XVI a XIX. À partida, existem quatro dimensões principais que as comunicações têm em conta ou procurarão desafiar: (i) historiografia e histórias da escravatura; (ii) as grandes estruturas do tráfico; (iii) crédito, contratos e redes mercantis; (iv) cidades portuárias e dinâmicas locais.

O encontro, dedicado à memória de Alfredo Margarido, enquadra-se nas actividades do Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa (IPRI-NOVA) e representa o encerramento do projecto “Angola e o Atlântico”, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. O colóquio foi organizado com o apoio do Instituto Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Diogo Ramada Curto, com a colaboração de Paula Gonçalves

Programa

// 24 setembro // 25 setembro

10h00 Apresentação
Nuno Severiano Teixeira (IPRI) e José de Freitas Ferraz (INSTITUTO DIPLOMÁTICO)

10h30 | Conferências de abertura
Moderação: António de Almeida Mendes (U. DE NANTES)

João José Reis (U. FEDERAL DA BAHIA): Sobre a história social da escravidão no Brasil
Isabel de Castro Henriques (FL-UL): Escravatura em Portugal: a desumanização dos africanos-escravos e o reforço do preconceito (séculos XV-XVIII)

11h30 Discussão

11h45 Intervalo

12h00 | As estruturas do tráfico no Atlântico
Moderação: José C. Curto (U. YORK)

Filipa Ribeiro da Silva (IIHS): O trafico de escravos luso-brasileiro: lucros, beneficiários e reinvestimentos. Uma abordagem preliminar
J. Bohorquez (EUI): The South Atlantic in global perspective: agency relations, private-order institutions and the financing of Rio de Janeiro’s slave trade during the Age of Revolutions
António de Almeida Mendes (U. DE NANTES): Portugal e o tráfico atlântico nos séculos XV e XVI. Uma leitura a partir da Slave trade database

13h00 Discussão

13h15 Almoço

14h30 Moderação: Jorge Pedreira (FCSH-NOVA)

Maximiliano Menz (U. FEDERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO): Fluxos e refluxos do comércio metropolitano em Angola (c. 1720-1807)
Inês Osório (FCSH-NOVA): O transporte de escravos no Atlântico - a arqueação dos navios negreiros

15h30 Discussão

15h50 Intervalo

16h10 Moderação: Nuno Monteiro (ICS-UL)

Raphael Ricardo (FCSH-NOVA): Os efeitos da proibição da aguardente no comércio de Angola (1649-1695)
Edgar Teles (FCSH-
NOVA): Papel das fazendas da Índia no tráfego negreiro no final do século XVIII

// 25 setembro //

10h00 | Angola e «os processos complexos» em torno da escravatura
Moderação: Isabel de Castro Henriques (FL-UL)

José C. Curto (U. DE YORK): Slavery in Angola: from oversimplistic generalizations to complex processes
Miguel Rodrigues (EUI): Agentes e rivalidades no tráfico: a rede de Luís Mendes de Vasconcelos em Angola (1616-1627)

11h00 Discussão

11h20 Intervalo

11h40 Moderação: Roquinaldo Ferreira (U. DE BROWN)

Carlos Almeida (CENTRO DE HISTÓRIA, FL-UL): A escravidão e o tráfico vistos a partir da África central - debates missionários no séc. XVII
Arlindo Caldeira (FCSH-NOVA): Escravos e forros na população de Luanda no século XVII

12h40 Discussão

13h00 Almoço

14h30 Moderação: José da Silva Horta (CENTRO DE HISTÓRIA, FL-UL)

Roquinaldo Ferreira (U. DE BROWN): Disputas imperiais, agência africana e a abolição do tráfico Atlântico de escravos em Angola

| As perspectivas de Cabo Verde, da Costa da Guiné e do Golfo do Benim

Maria Teresa Avelino Pires (CHAM, FCSH-NOVA): A escravatura nas ilhas de Cabo Verde e costa da Guiné - Do povoamento à Revolução Liberal
Inês Guarda (KING'S COLLEGE): A presença 'portuguesa' no Golfo do Benim entre 1680 e 1720 e as exportações de escravos

16h00 Discussão

16h40 Intervalo

17h00 Moderação: Constança Ceita (U. AGOSTINHO NETO) e João José Reis (U. FEDERAL DA BAHIA)

Conclusões e encerramento Diogo Ramada Curto (IPRI, FCSH-NOVA)


Cabeçalho: pormenor de desenho de Alfredo Margarido, 1955 ou posterior. Alfredo Margarido. Um pensador livre e crítico, Biblioteca Nacional de Portugal, 2012