Versão para impressão Enviar por E-mail
banner_livro_judaica

 

 

Biblioteca Nacional de Portugal

Serviço de Actividades Culturais

Campo Grande, 83

1749-081 Lisboa

Portugal

 

 

Informações

Serviço de Relações Públicas
Tel. 21 798 21 68

Fax 21 798 21 38
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

 

Exposição
O livro e a iluminura judaica em Portugal no final da Idade Média


O livro e a iluminura judaica em Portugal

no final da Idade Média

LANÇAMENTO | 22 maio '15 | 18h00 | Auditório BNP | Entrada livre

Sessão de apresentação do catálogo da exposição «O livro e a iluminura judaica em Portugal no final da Idade Média» por Luís Afonso e Adelaide Miranda.

O epílogo da presença judaica em Portugal, no século XV, foi caraterizado por uma produção cultural e artística bastante rica, sobretudo no domínio do livro e da iluminura. Nesse período multiplicaram-se as traduções, as cópias, as compilações e os textos originais, abrindo caminho para a primeira oficina tipográfica montada em território português, em 1487, na judiaria de Faro.

Além da literatura religiosa, maioritária, os judeus portugueses cultivaram também a literatura científica, particularmente os textos sobre medicina, farmacologia e astrologia/astronomia. Todo este interesse pelo livro estimulou também o desenvolvimento da arte da iluminura, destacando-se, sobretudo, a produção de manuscritos iluminados em Lisboa. A qualidade, quantidade e consistência desta produção lisboeta permite-nos identificar uma escola de iluminura, idiossincrática, ativa entre a década de 1470 e a expulsão / conversão forçada dos judeus em 1497. Uma escola de iluminura que se exprimiu tanto em códices de luxo como em códices mais singelos.

O catálogo está dividido apenas em duas partes. A primeira é dedicada a um conjunto de ensaios, de extensão diversa, sobre a matéria em apreço, seguindo-se uma segunda parte composta por vinte e uma fichas referentes aos manuscritos apresentados na exposição.

A segunda parte do catálogo é composta por fichas dos livros e manuscritos que fizeram parte da exposição realizada na BNP, seja através de obras originais, seja através de reproduções (facsimiles ou fotografias). Após esta seção, correspondente às fichas de catálogo, segue-se um curto glossário e a bibliografia geral.